Mundo

Forças Armadas ajudam a combater incêndios na Sibéria

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, ordenou hoje ao Ministério da Defesa que reforce os esforços para o combate aos incêndios florestais que assolam várias regiões da Sibéria.

Fotografia: DR

Após ler o relatório do ministro de Emergências, Evgueni Zinichev, Putin ordenou que o Ministério da Defesa se juntasse aos bombeiros na Sibéria, anunciou o Kremlin. O Presidente russo também ordenou a convocatória dos militares estacionados em Irkutsk, para ajudarem a combater as consequências das inundações, que também afectam esta região da Sibéria desde o início de Julho.

No que diz respeito aos incêndios, as chamas lavraram uma área de três milhões de hectares e segundo o Serviço de Protecção Florestal da Rússia, 32 incêndios florestais, que cobriam uma área de 4.585 hectares, foram extintos entre terça e hoje.A maioria dos incêndios registados encontram-se na região de Irkutsk, onde os bombeiros combatem 59 sinistros numa área de 78.226 hectares.

Tempo

Multimédia