Mundo

Guerra contra as drogas faz 200 mortes em dois meses

A controversa guerra contra as drogas no Bangladesh matou 200 pessoas em dois meses e resultou na prisão de 25 mil pessoas, informou hoje uma organização local para a defesa de direitos humanos.

O país do Sul da Ásia, com 160 milhões de habitantes, está a lutar para conter um afluxo de drogas, em particular de comprimidos de metanfetamina, denominados "yaba".

Tempo

Multimédia