Mundo

Tiros na Embaixada dos Estados Unidos

Seis tiros foram ontem disparados contra a Embaixada norte-americana em Ancara, na Turquia. Não há notícia de vítimas. Os disparos partiram de um veículo branco em movimento pelas 5h30.

Três das balas atingiram uma porta de ferro e uma janela da cabina de segurança da Embaixada, de acordo com autoridades locais citadas pela Reuters. Admite-se a possibilidade de o ataque ter sido levado a cabo por mais do que uma pessoa.
“Podemos confirmar que teve lugar um incidente de segurança na Embaixada dos Estados Unidos esta madrugada. Não temos relatórios de vítimas e estamos a investigar os detalhes”, declarou David Gainer, porta-voz da Embaixada. O mesmo porta-voz agradeceu à polícia turca a resposta rápida ao incidente. Entretanto, a Embaixada estará encerrada esta semana para marcar o festival islâmico Eid al-Adha, feriado nacional.
Tanto a Embaixada em Ancara como o Consulado em Istambul já foram alvos de ataques de extremistas islâmicos noutras ocasiões.
Este ataque surge dias depois de o Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, ter acusado os Estados Unidos de uma “tentativa de golpe económico”.
Desde o início de Agosto que as relações entre os dois países têm sido tensas. Erdogan recusou libertar Andrew Craig Brunson, um pastor americano da Carolina do Norte. Caso seja acusado de espionagem, pode enfrentar 35 anos numa prisão turca. Por sua vez, o Presidente dos Estados Unidos impôs sanções à Turquia, aumentando para o dobro as tarifas do alumínio e do aço. Como resultado, o valor da lira desceu – desde o início deste ano, a lira turca caiu 38 por cento em relação ao dólar.

Tempo

Multimédia