Mundo

Ataques em Ituri provocam 19 mortos entre a comunidade local

Dezanove mortos e dois feridos é o resultado de ataques simultâneos, realizados na segunda-feira, a três localidades da província do Ituri (Nordeste) da República Democrática do Congo (RDC), disse um responsável local à AFP.

Fotografia: DR



Segundo Innocent Madukadala, chefe do sector de Banyali Kilo, rebeldes do grupo Cooperativa para o Desenvolvimento do Congo (Codeco) atacaram três localidades num raio de três quilómetros, matando 19 pessoas e ferindo duas.

No primeiro semestre do corrente ano, violências intercomunitárias causaram, pelo menos, 636 mortes na região aurífera de Ituri, refere um relatório da ONU. Desde Dezembro de 2017, a província aurífera do Ituri vive um conflito ligado ao controlo de terras que opõe os Lendu, maioritariamente agricultores e os Hema, pastores e comerciantes. A milícia Codeco alega defender os membros da comunidade Lendu.
Entre 1999 e 2003, um conflito idêntico entre ambos os grupos causou vários milhares de vítimas, até à intervenção de uma força europeia.

Tempo

Multimédia