Mundo

Bielorrússia: Dezenas de pessoas detidas em Minsk

Várias dezenas de manifestantes foram detidas, ontem, em Minsk, capital da Bielorrússia, à margem de uma marcha de protesto da oposição, que contesta a reeleição do Presidente Alexander Lukashenko, indicou o grupo bielorrusso de defesa dos Direitos Humanos Viasna.

Fotografia: DR

A Organização Não-Governamental identificou 37 pessoas detidas à margem da manifestação, quando o centro da capital da Bielorrússia era patrulhado pela Polícia antimotim. Veículos blindados também foram posicionados em locais estratégicos.

Dezenas de milhares de bielorrussos manifestam-se novamente contra Lukashenko, em mais um momento de onda de protestos que agita o país, há quatro semanas consecutivas, desde as eleições presidenciais, realizadas em 9 de Agosto, que deram vitória para o sexto mandato, ao actual líder com mais de 80 por cento dos votos, consideradas fraudulentas pela oposição.

Mostrando as cores branca e vermelha da oposição, a multidão convergiu de vários bairros para o centro de Minsk, onde foi instalado um importante dispositivo de segurança.

No sábado, cerca de cinco mil mulheres desfilaram na capital bielorrussa, a pedir a demissão do Presidente, Alexander Lukashenko, enquanto os estudantes universitários também se manifestavam contra a detenção de colegas noutros protestos.

Tempo

Multimédia