Mundo

Cabo Verde há um ano sem casos de malária

O director do programa de combate à malária da Organização Mundial de Saúde (OMS), Pedro Alonso, classificou como exemplar a acção de Cabo Verde no combate a um surto verificado em 2017.

Fotografia: DR

“Cabo Verde teve um surto epidémico muito grande no ano passado e o país, com o apoio da OMS, respondeu de forma vigorosa, de tal forma que conseguiu eliminar a malária”, referiu.
Pedro Alonso falava on-tem, em Maputo, na apresentação do relatório anual da OMS sobre a doença.
Questionado pelos jornalistas sobre a situação nos países lusófonos, Pe-dro Alonso destacou Ca-bo Verde.
No arquipélago, houve um aumento de sete casos de malária registados em 2015 para 48 em 2016 e quase nove vezes mais em 2017, com um total de 423 dos quais resultou numa v

Tempo

Multimédia