Mundo

Centenas de civis foram feitos reféns

Centenas de civis nigerianos foram feitos reféns por supostos combatentes do Estado Islâmico na África Ocidental (Iswap), que invadiram, na terça-feira à noite, uma cidade no Nordeste da Nigéria, disseram, ontem, fontes locais e de segurança.


“Terroristas” do Iswap tomaram o controlo de Kukawa (na região do Lago Chade), na terça-feira à noite, e levaram centenas de civis como reféns”, disse à agência France Press, um líder das milícias civis, Babakura Kolo.
Os residentes de Kukawa tinham acabado de regressar às casas, após dois anos a viverem num campo de deslocados devido à violência que afecta a região do Lago Chade, incluindo o Estado de Borno, no Nordeste da Nigéria.

Tempo

Multimédia