Mundo

Cerca de 300 elefantes mortos no Botswana

Cerca de 300 elefantes morreram nos últimos meses na região turística do Delta do Okavango, norte do Botswana, segundo informação das autoridades e de Organizações Não-Governamentais, que suspeitam de uma doença misteriosa.

Fotografia: DR

“Recebemos um relatório sobre 356 elefantes mortos no Delta Norte do Okavango e até agora confirmámos a morte de 275”, disse o director de Parques Nacionais e Vida Selvagem do Botswana, Cyril Taolo, citado pela agência France Presse.

“A causa da morte está a ser determinada. Enviámos amostras para a África do Sul, Zimbabwe e Canadá para análise”, acrescentou. De acordo com o mesmo responsável, a doença do carbúnculo foi excluída como causa das morte e as autoridades não suspeitam de actividades de caçadores furtivos porque os animais foram encontrados com as presas. De acordo com o relatório, da ONG Elefantes Sem Fronteiras (EWB), datado de 19 de Junho de 2020, 356 elefantes foram encontrados mortos no Delta do Okavango.

Tempo

Multimédia