Mundo

Choques com a Polícia chegam à zona turística de Hong Kong

Alguns participantes na manifestação de ontem em Hong Kong contra um projecto de lei que permite a extradição de suspeitos de crimes para a China envolveram-se em confrontos com elementos da Polícia anti-motim no bairro de Mongkonk, disseram agências internacionais.

Fotografia: DR

Segundo relatos de um jornalista da agência AFP, os manifestantes defenderam-se com guarda-chuvas da carga policial, que aconteceu após um frente a frente de cerca de 20 minutos entre as duas partes, durante o qual a Polícia apelou, com recurso a megafones, para que o grupo de cerca de 300 manifestantes, usando máscaras e na maioria jovens, dispersasse.
Milhares de pessoas voltaram a manifestar-se em Hong Kong contra o projecto de lei que permite a extradição de suspeitos de crimes para a China continental, pedindo também a demissão da chefe do Governo local, Carrie Lam.
O protesto atravessou, segundo as agências de notícias internacionais, o distrito peninsular de Kowloon, uma zona comercial visitada por muitos turistas.

 

Tempo

Multimédia