Mundo

Cinco mortos e dez feridos em novo atentado bombista em Cabul

Cinco pessoas morreram esta quinta-feira e dez ficaram feridas em Cabul, num atentado bombista contra um autocarro que transportava funcionários do governo afegão.

O último atentado em Cabul foi sexta-feira (19), numa Universidade matando nove e ferido 33
Fotografia: DR

O ataque ocorreu pelas 8:10 (4:40 em Luanda), quando um homem detonou explosivos contra um veículo que transportava funcionários do Ministério das Minas e do Petróleo afegão, disse o porta-voz da polícia de Cabul, Firdaws Faramarz.

Uma segunda explosão ocorreu ainda no mesmo local, informou, em comunicado, o porta-voz do Ministério do Interior afegão, Nasrat Rahimi, sem avançar pormenores, avançou hoje o Diário de Notícias.

O último atentado em Cabul teve lugar na sexta-feira, quando pelo menos nove pessoas morreram e 33 ficaram feridas num atentado bombista perto da Universidade de Cabul.

Este último atentado acontece quando o enviado especial norte-americano para o Afeganistão, Zalmay Khalilzad, se encontra em Cabul, onde se reuniu na quarta-feira com o Presidente afegão, Ashraf Ghani, e o oficial-chefe executivo, Abdullah Abdullah.

Depois de Cabul, Khalilzad viaja para Doha, para iniciar a oitava ronda de negociações com os talibãs, em conversações que aqui focadas na retirada das tropas internacionais, a principal exigência dos rebeldes. Ambos os lados procuram o fim de quase duas décadas de conflito, embora os talibãs tenham rejeitado, até agora, negociarem directamente com o Governo afegão.

Tempo

Multimédia