Mundo

Coligação militar destrói estruturas dos rebeldes

Coligação militar afirmou ter destruído os locais utilizados pelos rebeldes houthis para lançamento de mísseis contra o reino iemenita, assolado por uma guerra civil, adiantou a AFP.

Arábia Saudita e aliados estão ajudar o Iémen
Fotografia: DR

A coligação anunciou a “destruição de locais de lançamento de mísseis balísticos utilizados pelas milícias houthis em Saada”, uma província do norte do Iémen, na fronteira com a Arábia Saudita e controlada pelos rebeldes, de acordo com um comunicado divulgado pela televisão saudita Al-Ekhbariya.
Riade e aliados combatem os rebeldes houthis apoiados pelo Irão, ajudando o Governo iemenita do Presidente Abd Rabbo Mansour Hadi.
O conflito no Reino do Iémen já provocou mais de 10 mil mortos, tendo mergulhado o país numa profunda crise humanitária. />A Arábia Saudita, principal exportador de petróleo do mundo, anunciou na passada semana ter temporariamente suspendido as entregas de petróleo pelo estreito de Bab al-Mandeb, depois de um ataque de mísseis levado a cabo pelos houthis contra um petroleiro da petrolífera estatal saudita Aramco.
O estreito liga o Mar Vermelho ao Mar Arábico e constitui uma passagem estratégica para o comércio internacional.
“A coligação não permitirá aos houthis a construção de instalações militares que ameacem as águas regionais”, refere o comunicado.

Tempo

Multimédia