Mundo

Confrontos entre facções causam milhares de mortos

Os confrontos entre facções rivais na zona da capital líbia, Tripoli, já mataram mais de mil pessoas, incluindo mais de uma centena de civis, desde Abril passado, anunciou ontem a ONU.

Fotografia: DR

A Organização Mundial da Saúde (OMS, agência da ONU) referiu ainda que mais de 5.500 pessoas ficaram feridas desde que as forças leais ao marechal Khalifa Haftar, o homem forte do leste da Líbia, avançaram com uma ofensiva contra Tripoli, sede do Governo de acordo nacional líbio estabelecido em 2015 e reconhecido pela Organização das Nações Unidas.
A Líbia é um país do norte de África imerso num caos político e de segurança desde a queda do Governo do Presidente Muammar Kadhafi, em 2011, e devido a divisões e lutas de poder entre diversas milícias e tribos.

Tempo

Multimédia