Mundo

Covid-19: China publica ensaio clínico da 1.ª vacina

Os resultados dos testes de uma vacina chinesa confirma segura, atesta imunidade e dão uma visão prometedora para o seu desenvolvimento da vacina, de acordo com o l responsável pela investigação.

Fotografia: DR

De acordo com a publicação médica The Lancet, a primeira vacina contra a Covid-19 a chegar à fase de ensaio clínico é segura, bem tolerada pelos pacientes e é capaz de gerar uma resposta imune contra o novo coronavírus. O ensaio clínico foi levado a cabo pelo Instituto de Biotecnologia de Pequim com recurso a um universo de 108 adultos e depois de 28 dias conseguiu chegar a resultados prometedores, de acordo com informações citadas pelo El Mundo o citado: a vacina produz anticorpos e resposta das células T contra o vírus.

Ainda assim, esta é apenas a primeira fase do estudo, sendo necessário agora comprovar que a vacina e a resposta imunológica, que produz, protege eficazmente contra a infecção gerada pelo SARS-CoV-2, resultados que só poderão ser avaliados em seis meses. "O ensaio demonstra que uma dose única da nova vacina para a Covid-19 produz anticorpos específicos para o vírus e células T em 14 dias, o que a torna numa potencial candidata para uma investigação mais a fundo", indicou o investigador Wei Chen, responsável pelo estudo.

O responsável esclarece, porém, que é necessário ser-se prudente porque os desafios do desenvolvimento desta vacina "não têm precedentes" e porque "a capacidade de desencadear respostas imunológicas não significa necessariamente que a vacina proteja as pessoas da Covid-19". “Estes resultados dão uma visão prometedora para o desenvolvimento da vacina, mas ainda estamos longe do momento em que estará disponível no mercado para todos", terminou.

Tempo

Multimédia