Mundo

Covid-19: Mais de 150 mil mortos e mais 2,2 milhões de infectados no mundo

A pandemia causada pelo novo coronavírus já matou 150.142 pessoas e infectou mais de 2,2 milhões em todo o mundo desde Dezembro, segundo um balanço da agência AFP, às 21:00 de ontem, baseado em dados oficiais.

Fotografia: DR

Segundo os dados recolhidos pela agência noticiosa francesa estão contabilizados 2.207.730 casos de infecção oficialmente confirmados em 193 países e territórios desde o início da pandemia, em Dezembro de 2019 na China.

A AFP alerta, contudo, que o número reflete apenas uma fracção do total real de portadores do vírus, já que muitos países estão a testar apenas as situações que necessitam de cuidados hospitalares.

Do número total de casos confirmados de infecção, pelo menos 483.000 são hoje considerados curados. Desde a contagem feita novas mortes e 91.270 novos casos foram registados em todo o mundo. Os países com mais mortes nas últimas 24 horas são Estados Unidos (2.985), a China continental (1.290 novas mortes após uma revisão de números pela prefeitura de Wuhan, foco inicial da pandemia) e o Reino Unido (847).

Os Estados Unidos, que registaram sua primeira morte ligada ao coronavírus no final de Fevereiro, são o país mais afectado em termos de número de mortes e de casos confirmados, com 34.575 óbitos para 683.786 casos, enquanto 56.546 pessoas foram declaradas curadas pelas autoridades norte-americanas.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afectados são a Itália, com 22.745 mortes (172.434 casos), a Espanha, com 19.478 mortes (188.068 casos), a França, com 18.681 mortes (147.969 casos) e o Reino Unido, com 14.576 mortes (108.692 casos).

A China (excluindo os territórios de Hong Kong e Macau) contabilizou oficialmente um total de 82.367 casos (26 novos entre Quinta-feira e hoje), dos quais 4.632 foram fatais e 77.892 foram curados.

A Europa totalizava 96.721 mortes, para 1.100.677 casos, os Estados Unidos e o Canadá 35.929 mortes (715.428 casos), a Ásia 6.801 mortes (157.131 casos) e o Médio Oriente 5.371 mortes (117.953 casos), a América Latina e Caribe 4.242 óbitos (89.460 casos), África 995 óbitos (19.296 casos) e a Oceânia 83 óbitos (7.785 casos).

Esta avaliação foi realizada usando dados recolhidos pelos escritórios da AFP junto das autoridades nacionais competentes e informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Tempo

Multimédia