Mundo

Cyril Ramaphosa faz devolução simbólica de terras a fazendeiros negros

O Presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, procedeu no  fim de semana à primeira entrega simbólica, a fazendeiros negros, das terras que lhes haviam sido retiradas na época do apartheid e prometeu acelerar a transferência de mais terras no quadro da sua futura reforma agrária.

Na ocasião, o Chefe do Estado sul-africano disse que ao devolver as terras aos seus detentores legais, estava-se a "escrever  história", naquilo que considerou a primeira de uma série de pedidos de recuperação de terras que vai ser acelerada nos próximos meses.
Há alguns meses, Cyril Ramaphosa iniciou uma reforma visando reequilibrar a estrutura da propriedade fundiária na África do Sul, ainda maioritariamente nas mãos da minoria branca, 25 anos depois do fim do apartheid. A alguns meses das eleições gerais, vários fazendeiros negros aplaudiram o projecto, ao contrário dos brancos que começam a dar sinais de preocupação.


Tempo

Multimédia