Mundo

Detido mestre da embarcação que naufragou no oeste da RDC

O mestre da embarcação que naufragou e causou a morte de 32 pessoas no sábado, no lago Mai-Ndombe, no oeste da RDC, foi detido ontem.

Fotografia: DR

O responsável pela autarquia de Inongo, Cosmos Mbo Wemba, disse à Rádio Okapi, que emite no âmbito da missão das Nações Unidas na RDC, que as autoridades detiveram o homem por considerarem que permitiu a sobrelotação da embarcação.
Suspeita-se que a embarcação transportava mais de quatro centenas de pessoas e que a sobrelotação possa ter provocado o naufrágio. Mbo Wemba salientou também que a embarcação motorizada estava em precárias condições, outra causa possível para o naufrágio, além do estado do tempo adverso.
Como disseram alguns sobreviventes, “a embarcação tinha mais de 350 passageiros a bordo. Primeiro, há o estado de conservação, muito velha”.

Tempo

Multimédia