Mundo

Detidos na Mauritânia 40 clandestinos que viajavam desde a Gâmbia

Os guardas costeiros mauritanianos detiveram no fim-de-semana, pelo menos, 140 migrantes clandestinos a bordo de uma piroga nas águas territoriais nacionais, em Nouamghar, entre as cidades de Nouakchott (capital) e Nouadhibou, o segundo maior centro urbano do país, revelou a Agência Mauritaniana de Notícias (AMI).

Fotografia: DR

As autoridades anunciaram estar em preparação um plano de emergência, para fazer face ao fenómeno da migração clandestina e tomar as medidas necessárias em situação similar, em coordenação com a Organização Internacional das Migrações (OIM).
“As patrulhas das nossas forças de defesa e segurança socorreram 85 migrantes clandestinos”, acrescentou a agência governamental. Estes migrantes viajavam a bordo de uma embarcação saída da Gâmbia e cujo último balanço oficial do naufrágio aponta para 62 mortos entre os quais 13 cidadãos senegaleses.

Tempo

Multimédia