Mundo

Disney World quer reabrir em 11 de Julho com novas medidas de segurança

A Disney revelou os planos para reabrir a Walt Disney World, em Orlando, Flórida, em 11 de Julho. A reabertura foi aprovada por unanimidade pela Força-Tarefa de Recuperação Económica do Orange County, depois de uma paralisação global dos seus resorts que totalizou 3,4 biliões de dólares norte-americanos em perdas para a empresa.

Prefeito de Orlando, Jerry Demings
Fotografia: DR

O prefeito de Orlando, Jerry Demings, disse que gostou dos planos apresentados pela Disney e pelo Sea World numa reunião na manhã de ontem (27) e os passaria ao governador da Flórida, Ron DeSantis, para aprovação. DeSantis já havia aprovado o plano de reabertura da Universal Studios programado para 5 de Junho.

Autoridades locais realizaram uma inspecção no Walt Disney World e no SeaWorld ontem para garantir que os parques cumpram as directrizes oficiais dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças quando reabrirem, de acordo com o “Orlando Sentinel”.

As precauções incluem medidas como a utilização de telefones celulares para os mapas dos parques em vez da versão em papel, além de máscaras obrigatórias, verificação de temperatura, distanciamento social e maior lavagem das mãos por funcionários e convidados. Agora, DeSantis precisa assinar o plano para que ele possa ser implementado.

O encerramento da Disney World de Orlando devido à pandemia de coronavírus é o mais longo que o parque já viveu. A Disney é o maior empregador da região e a pandemia deixou centenas de milhares de pessoas da região sem trabalho. A reabertura é significativa, pois será o primeiro grande destino turístico a reabrir, embora novos casos sejam relatados todos os dias na região, de acordo com o “Orlando Sentinel”.

 

Tempo

Multimédia