Mundo

Donald Trump culpa líderes democratas

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou, ontem, na cidade de Kenosha, no Estado de Wisconsin, a “destruição” resultante dos protestos anti-racistas e responsabilizou os líderes democratas locais pela situação.

Fotografia: DR



A cidade tem sido palco de protestos desde que, em 23 de Agosto, um homem negro, Jacob Blake, foi alvejado nas costas com sete tiros por um agente da polícia branco, quando procurava entrar no carro, enquanto o seguia para o deter. Na véspera da chegada, Trump defendeu um adolescente, que é seu apoi-ante, acusado de ter alvejado mortalmente dois homens durante uma manifestação em Kenosha, na semana passada, e disse que o seu rival nas eleições presidenciais, o democrata Joe Biden, alinhava com “anarquistas” e “amotinados” nos tumultos.

A coluna automóvel de Trump passou entre apoiantes e contestatários, alguns dos quais com cartazes onde se lia “Black Lives Matter” (A Vida dos Negros Importa).
Uma massiva presença policial, completada com vários veículos blindados, garantia a segurança de Trump, além de terem sido erigidas barricadas ao longo do percurso.

Tempo

Multimédia