Mundo

Ébola mata 44 pessoas em apenas uma semana

O vírus ébola causou mais 44 mortos na RDC no espaço de uma semana, segundo o mais recente balanço do Ministério da Saúde congolês sobre a epidemia, que se alastra desde Agosto de 2018.

Fotografia: DR

No balanço anterior, divulgado a 3 de Junho, o total de vítimas mortais pelo ébola era de 1.346, número que aumentou para 1.390, de acordo com o último comunicado governamental.
Desde o início da epidemia, declarada em Agosto de 2018 na RDC, o número de infectados é de 2.062, dos quais 1.968 confirmados em laboratório, 94 casos prováveis, enquanto 569 pessoas já foram curadas.
De acordo com o Ministério da Saúde, há 280 casos suspeitos sob investigação e seis novos confirmados em várias localidades da província de Kivu Norte e Ituri: três em Mabalako, um em Beni, outro em Musienene e o terceiro em Mandima.
A epidemia de ébola assola as províncias de Kivu Norte e Ituri, no nordeste da RDC. A organização Médicos Sem Fronteiras (MSF), citada pela agência EFE, alertou no dia 30 de Maio que o número de casos poderá ser muito superior aos oficiais.
"O número real de casos de ébola pode ser muito maior do que os números anunciados”, explicaram fontes.

Tempo

Multimédia