Mundo

Ellen Johnson foi distinguida

A antiga Presidente da Libéria, Ellen Johnson Sirleaf, foi distinguida ontem com o prémio Ibrahim para a Excelência na Liderança Africana, que esteve vários anos sem ser atribuído.

Ellen Johnson recebe prémio de Excelência na Liderança
Fotografia: Issouf Sanogo | AFP


Ellen Johnson Sirleaf, que ficou na presidência durante dois mandatos, entre 2006 a 2017, foi distinguida pela liderança excepcional e transformadora na recuperação da Libéria, após muitos anos de guerra civil.
O presidente do Comité do Prémio, Salim Ahmed Salim, afirmou: “Ellen Johnson Sirleaf tomou o comando da Libéria após o país ter sido completamente destruído pela guerra civil e conduziu um processo de reconciliação concentrado na construção da unidade nacional e de fortes instituições democráticas. Ao longo de seus dois mandatos, ela trabalhou incansavelmente em nome do povo da Libéria”.
Mesmo se foram cometidas algumas falhas nestes 12 anos, refere, o comité considera que a antiga Chefe de Estado “lançou as bases sobre as quais a Libéria pode agora construir um futuro melhor”. Desde 2006, a Libéria é o único país a melhorar em todas as categorias e subcategorias do Índice Ibrahim de Governança Africana, tendo subido dez lugares na classificação geral do Índice, para 28.º lugar em 58 países. Todos os anos, são candidatos ao prémio ex-Chefes de Estado ou de governo africanos que cessaram funções nos três últimos anos civis (neste caso, entre 2014 e 2016) após terem sido democraticamente eleitos e cumprido o seu mandato de acordo com a constituição do país.
O objectivo do Prémio Ibrahim é distinguir líderes que, durante o seu mandato, ajudaram a desenvolver os seus países, fortalecendo a democracia e os direitos humanos e estimulando o desenvolvimento sustentável em todos os sectores.
O prémio foi lançado em 2006, mas até agora só foi atribuído cinco vezes, duas das quais a antigos Chefes de Es-tado lusófonos: Joaquim Chissano, de Moçambique, em 2007, e Pedro Pires, de Cabo Verde, em 2011.

Tempo

Multimédia