Mundo

Embaixadores na FAO querem mais quadros

O novo Grupo de Prioridades Chaves dos embaixadores e representantes africanos na FAO defendeu, ontem, na primeira reunião, a inserção de mais quadros do continente nas representações regionais da organização para a valorização e elevação de conhecimentos.

Fotografia: DR


Presidido por Angola, através da embaixadora Fátima Jardim, o grupo foi criado, em Junho, para apoiar e recomendar ao presidente do Grupo Africano junto da FAO as prioridades africanas e concertar posições relativas ao continente, no quadro de estratégias políticas e programas a desenvolver para apoio à agricultura e segurança alimentar.

“Os desafios de África são enormes e o momento actual deve ser de convergência de respostas, partilha de ideias e de prioridades comuns, para se transformar a agricultura e a segurança alimentar num desafio para que os nossos países possam produzir alimentos acessíveis aos cidadãos”, afirmou Fátima Jardim.

A representatividade de técnicos e funcionários africanos nas estruturas da FAO, foi, igualmente, defendida na reunião como um dos aspectos em que a África deve fazer sentir a voz, com mais acutilância, nos próximos tempos.

Ainda no quadro das prioridades do grupo, os representantes africanos recomendam a estruturação das modalidades de acesso e de oportunidades, para um maior protagonismo e ênfase nas questões relativas à Agenda Africana e projectos enquadrados nos programas locais e prioridades nacionais.

Tempo

Multimédia