Mundo

Enviado da ONU para o Sahara Ocidental renuncia e evoca razões de saúde

O enviado das Nações Unidas para o Sahara Ocidental, Horst Kohler, renunciou ao cargo por alegadas “razões de saúde”, aos 76 anos, anunciou ontem o próprio, segundo a Reuters.

Fotografia: DR

Horst Kohler era responsável por este dossier desde Agosto de 2017, altura a partir da qual tentou relançar as negociações sobre o Sahara Ocidental. Após seis anos de interregno, Kohler conseguiu que as partes envolvidas retomassem o diálogo e Marrocos, Frente Polisário, Argélia e Mauritânia reuniram-se duas vezes na Suíça, em Dezembro e em Março últimos.
“António Guterres lamenta profundamente esta renúncia, mas compreende perfeitamente e envia os seus melhores votos ao emissário”, refere o comunicado da ONU, sem avançar detalhes sobre os problemas de saúde do antigo Presidente alemão.

Tempo

Multimédia