Mundo

China está a incomodar "Wall Street"

Rex Tillerson não escondeu, na oportunidade, que os Estados Unidos da América (EUA) estão preocupados com a penetração chinesa em África e reforçou a ideia de que o Governo de Donald Trump vai apostar forte na criação de laços de uma aproximação “muito significativa” com os cinco países que estão no seu roteiro durante esta visita.

Fotografia: EDIÇÕES NOVEMBRO

Na última década, efectivamente, a China conseguiu uma forte e bem sucedida penetração no continente africano graças à sua participação na reconstrução de infra-estruturas em numerosos países.

Tempo

Multimédia