Mundo

EUA se juntam a outras nações para treinar militarmente nas águas do Mar Negro

Os exercícios navais internacionais "Sea Breeze-2019" começaram na cidade ucraniana de Odessa, tendo decorrido na segunda-feira a cerimónia solene de desfile em parada das unidades participantes, informou o serviço de imprensa do Ministério da Defesa da Ucrânia.

Estados Unidos e aliados fazem exercícios militares conjuntos no Mar Negro
Fotografia: DR

Segundo a Lusa, as manobras internacionais "Sea Breeze-2019" têm lugar na Ucrânia até 12 de Julho no mar e em terra, no ar e debaixo de água. Anteriormente, foi relatado que o "destróier" da Marinha dos EUA "USS Carney" entrou no mar Negro para participar do exercício.
Além disso, um barco da guarda costeira da Geórgia e uma embarcação antissubmarino da Bulgária, bem como aviões de transporte militar da OTAN com pessoal e equipamento, também fazem parte das manobras.
"Os exercícios internacionais 'Sea Breeze-2019' começaram em Odessa. No campo das Forças Internacionais, as unidades que participarão das manobras desfilaram em parada solene. As bandeiras da Ucrânia, dos EUA, da Geórgia e da Moldávia foram hasteadas nos mastros", refere o comunicado.
De acordo com o serviço de imprensa, a inovação do exercício deste ano será o desenvolvimento do elemento fluvial. "De acordo com o cenário do exercício, o inimigo tentará bloquear o acesso ao mar a partir do rio Danúbio.
O pessoal de segurança dos navios e barcos será designado para escoltar navios mercantes através do estuário do Danúbio até ao mar Negro", disse a assessoria de imprensa.

Tempo

Multimédia