Mundo

Direita populista derrota chanceler

O partido da chanceler alemã, Angela Merkel, enfrentou uma derrota histórica nas eleições regionais de ontem em Berlim, com apenas 18 por cento dos votos, e com a direita populista a alcançar 12,5 por cento dos votos.

De acordo com a AFP, a União Democrata Cristã, liderada por Merkel, obteve cerca de 18 por cento dos votos, o pior resultado do pós-guerra, o que deve resultar no fim da coligação regional com os sociais-democratas, que obtiveram 23 por cento dos votos.
O partido Alternativa para a Alemanha, que fez campanha contra a política de ‘porta aberta para os refugiados’, chega aos 11 a 12,5 por cento  dos votos, ganhando lugares no parlamento regional, a um ano das eleições legislativas nacionais.

Tempo

Multimédia