Mundo

Exército falha objectivo de recrutamento

O Exército dos Estados Unidos da América (EUA) falhou este ano, pela primeira vez desde 2005, o seu objectivo de recrutamento, ficando aquém da meta dos 76.500 recrutas em cerca de 6.500 (8,5 por cento), apesar do aumento de vantagens e garantias.

Fotografia: DR

Os líderes deste ramo das Forças Armadas norte-americanas especificaram que recrutaram cerca de 70 mil recrutas no ano fiscal que termina em 30 de Setembro (nos EUA, o ano orçamental decorre entre 1 de Outubro e 30 de Setembro), aquém dos 76.500 que pretendiam.
Longe dos objectivos de recrutamento também ficaram a Guarda Nacional e as Reservas do Exército. Já a Marinha, a Força Aérea e os Marines preencheram os objectivos de recrutamento para 2018.
Há falta de atracção no Exército, apesar do aumento de orçamento.

Tempo

Multimédia