Mundo

Irão almeja cobrar taxa de navios no estreito de Ormuz

O Parlamento iraniano está a considerar a opção de cobrar pedágio (taxa) de navios que passam pelo estreito de Ormuz, revelou hoje, um parlamentar iraniano.

Parlamento iraniano pode cobrar taxas de circulação pela passagem de navios no estreito de Ormuz
Fotografia: DR

"Se o Irão é o verdadeiro garantidor da segurança na região e em águas internacionais, então o Parlamento acredita que os centros comerciais e todos os navios da região devem pagar o custo na forma de pedágio (taxa), de acordo com os padrões internacionais”.

Segundo o legislador, o pedágio "poderia ser imposto aos países hostis, isto é, àqueles que não têm relações comerciais connosco e reconheceram as sanções dos Estados Unidos", informou a emissora "Press TV", citando uma entrevista do deputado Amir Hosein Qazizadeh Hashemi ao jornal "Sobhe No".

O projecto de lei correspondente, segundo ele, ainda não foi aprovado para debate oficial devido à objecções de forças políticas que buscam a normalização para o Irão e consideram conveniente manter o "status quo" no golfo Pérsico.

O estreito de Ormuz, que liga o Golfo de Omã ao Persa, é uma rota estratégica importante, responsável por mais de um terço do tráfego marítimo de petróleo.

Tempo

Multimédia