Mundo

Irão executa espião condenado por fornecer informações sobre Soleimani

O Irão executou, esta segunda-feira, o espião acusado de fornecer informações aos Estados Unidos da América (EUA) e a Israel sobre o general Qassem Soleimani, que foi morto em janeiro deste ano em Bagdad, num ataque aéreo orquestrado pelos norte-americanos.

Fotografia: DR

De acordo com a Associated Press (AP), que cita a televisão estatal iraniana, e Agence France Presse (AFP) Mahmoud Mousavi Majd, um ex-tradutor iraniano, foi executado esta segunda-feira, depois de ter sido acusado de receber elevadas somas de dinheiro, tanto dos Estados Unidos como de Israel.

Em Junho, quando foi anunciada a condenação, o porta-voz do sistema judiciário iraniano acusou o homem de ter “ligações à CIA e à Mossad” e de fornecer informações de segurança sobre os Guardiães da Revolução e a sua unidade responsável pelas operações no estrangeiro e comandada por Soleimani, a Força Quds.

Soleimani, general da Guarda Revolucionária e considerado um herói iraniano, foi morto a 3 de Janeiro de 2020 por um drone militar norte-americano, pouco depois de ter aterrado no Aeroporto Internacional de Bagdad, no Iraque.

 

Tempo

Multimédia