Mundo

Israel endurece medidas contra a Faixa de Gaza

O Ministério da Defesa de Israel endureceu as condições do bloqueio à Faixa de Gaza, reduzindo as áreas de pesca e restringindo a entrada de combustível pela única fronteira por onde passam mercadorias provenientes do Estado israelita.

 

Israel restringiu também o abastecimento de combustível
Fotografia: DR

As medidas foram postas em prática na sequência do lançamento de foguetes e outros objectos incendiários contra Israel.
“Perante os constantes atentados do Hamas, o ministro da Defesa, Avigdor Lieberman, depois de consultado o chefe do Estado-Maior, decidiu restringir a entrada de combustível até ao próximo domingo através da passagem de Kerem Shalom”, refere um comunicado do Ministério de Defesa de Israel.
As autoridades israelitas acrescentam que o trânsito de mercadorias vai ser submetido a “avaliações individuais”. A passagem de Kerem Shalom tem sido alvo do bloqueio de Israel à Faixa de Gaza desde 2007, sendo autorizadas apenas a entrada de alimentos e medicamentos.
 Israel também decidiu reduzir o espaço de pesca ao largo de Gaza de seis para três milhas.
Segundo o Ministério da Defesa de Israel, o lançamento de artefactos incendiários a partir da Faixa tem provoca-do centenas de incêndios, nomeadamente em terrenos agrícolas.
Israel quer pôr termo aos ataques e responsabiliza o Hamas pelo lançamento de projécteis incendiários.
A situação agravou-se no fim-de-semana depois de terem sido lançados mais de 200 foguetes, o que provocou o bombardeamento por parte das forças israelitas contra Gaza que causaram dois mortos.

Tempo

Multimédia