Mundo

Jair Bolsonaro cria novo partido

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, anunciou, terça-feira, nas redes sociais, que decidiu deixar o PSL e criar novo partido chamado “Aliança pelo Brasil”. Bolsonaro publicou a mensagem depois de uma reunião no Palácio do Planalto com outros deputados filiados no PSL.

Presidente abandona o PSL, por divergências
Fotografia: DR

“Hoje anunciei a minha saída do PSL e início da criação de um novo partido: 'Aliança pelo Brasil'. Agradeço a todos que colaboraram comigo no PSL e que foram parceiros nas eleições de 2018”, escreveu no Twitter.
O Presidente brasileiro tinha-se filiado no PSL em 2018 para disputar as eleições presidenciais. A saída ocorre após vários desentendimentos com o presidente do partido, Luciano Bivar. No mês passado já havia relatos de que Bolsonaro teria segredado a um apoiante para “esquecer o partido”, acrescentando que Bivar estava “queimado”. Essa declaração dividiu as hostes, criando duas alas de membros, segundo um portal brasileiro de informação.
Durante o período eleitoral, Luciano Bivar transferiu a presidência do PSL para Gustavo Bebianno, então braço-direito de Bolsonaro. A chamada “onda bolsonarista” da eleição fez o PSL passar de 1 deputado eleito em 2014 para 52 em 2018, a segunda maior bancada da Câmara dos Deputados. Após as eleições, Bivar reassumiu o cargo, já com o novo Governo empossado.
Esta não é a primeira vez que o Presidente brasileiro troca de partido, pelo contrário. O PSL foi o oitavo partido por onde Bolsonaro passou. Antes disso passou pelo PDC, PPR, PPB, PTB, PFL, PP e PSC.

Tempo

Multimédia