Mundo

Joe Biden pede suavisação de sanções contra países afectados pelo Covid-19

O candidato às eleições primárias democratas norte-americanas, Joe Biden, pediu, ontem, um alívio das sanções económicas dos Estados Unidos contra países afectados pela pandemia, incluindo o Irão, para possibilitar assistência médica internacional.

Biden é contra a manutenção de sanções económicas dos EUA
Fotografia: DR

“Em plena pandemia mortal e sem fronteiras, os Estados Unidos devem tomar medidas para oferecer a ajuda que pudermos às nações mais afectadas pelo novo coronavírus, incluindo o Irão”, disse Joe Biden, num comunicado, citado pela agência France-Press. O candidato que quer ser o representante democrata contra o actual Chefe de Estado, o republicano Donald Trump, nas eleições presidenciais de Novembro, acrescentou que, a resposta internacional não pode estar refém de “um objectivo político”. Joe Biden pediu ao Executivo de Trump para emitir “novas directrizes sobre as sanções”, de modo a esclarecer as instituições financeiras e a comunidade internacional como podem ajudar “sem medo de serem penalizadas”.  “Já existem excepções humanitárias às sanções” dos EUA, admitiu o candidato às primárias democratas, mas, “na prática, a maioria dos Governos e organizações tem medo de violar as sanções norte-americanas”. Biden pediu, ainda, a Teerão a libertação dos norte-americanos detidos naquele país

Tempo

Multimédia