Mundo

Jorge Fonseca alerta para a insegurança

O Chefe de Estado cabo-verdiano, Jorge Carlos Fonseca, considerou que o recente ataque ao autarca da Praia, Óscar Santos, obriga a ponderar sobre a segurança de titulares de certos cargos, mas sem esquecer a segurança pública.

Fotografia: DR

“É um facto que nos obriga a todos a ponderar coisas sobre aspectos que têm a ver com a segurança de titulares de certo tipo de cargos, sem esquecermos a segurança geral, pública”, disse o Presidente cabo-verdiano, citado pela Lusa. Jorge Carlos Fonseca falava em conferência de imprensa, na cidade da Praia, de antevisão à sua deslocação ao Brasil, onde hoje vai receber o título de doutor honoris causa pela Universidade Federal de Ouro Preto, de Minas Gerais.
O presidente da Câmara da Praia, Óscar Santos, foi atacado à porta de um ginásio que frequenta e atingido com um tiro por encapuzados, que fugiram do local, sofrendo uma fractura do úmero direito.
Depois de uma operação cirúrgica realizada no dia 2 de Agosto, Óscar Santos esteve em casa a recuperar da lesão e regressou ao trabalho na semana passada. Jorge Fonseca recordou que visitou Santos, ainda no hospital, e disse que, felizmente, não aconteceu “coisa mais grave” ao seu “amigo pessoal.”

Tempo

Multimédia