Mundo

Julgamento de Kamto começou num tribunal militar em Yaoundé

O opositor camaronês Maurice Kamto, acusado de “insurreição”, começou a ser julgado sexta-feira, por um tribunal militar de Yaoundé, noticiou, ontem, a AFP.

Fotografia: DR

Preso em Janeiro de 2019, o político camaronês está no banco dos réus com 90 partidários. Candidato à eleição presidencial de 2018, Kamto, que teoricamente corre o risco de pena de morte, ficou em segundo lugar, a seguir ao Presidente Paul Biya, no poder há 36 anos.
O país vive uma rebelião interna na região anglófona, enquanto os ataques do Boko Haram recrudescem no Norte. Kamto, 65 anos, e aliados declararam “estar prontos para enfrentar a Justiça, para que a verdade seja dita”.

Tempo

Multimédia