Mundo

Líbano: 78 mortos e milhares de feridos após explosões em Beirute

Subiu para 78 o número de pessoas que morreram na sequência de duas explosões sucessivas de grande dimensão, na capital do Líbano, em Beirute, durante a tarde desta terça-feira.

As explosões ocorreram na zona portuária da cidade e Hamad Hasan confirma ainda que há quase quatro mil feridos.
Fotografia: DR

Os números das vítimas mortais (que estão em constante atualização) são avançados pela Reuters que cita o ministro da Saúde libanês às 23h. As explosões ocorreram na zona portuária da cidade e Hamad Hasan confirma ainda que há quase quatro mil feridos.

"Há muitos desaparecidos até agora. As pessoas estão a perguntar às autoridades de emergência pelos seus familiares e é difícil fazer buscas à noite porque não há eletricidade", disse o ministro à agência.

Um responsável da Cruz Vermelha do Líbano conta que centenas de pessoas feridas estão a ser levadas para os hospitais. Outros continuam presos nas suas casas, devido aos escombros.

O presidente libanês reagiu, citado pela Aljazeera, considerando ser "inaceitável" que aquela quantidade de explosivos estivesse guardada num armazém sem quaisquer medidas de segurança e garantiu que os responsáveis iriam enfrentar "consequências duras".

Aquando das explosões eram visíveis nuvens de fumo laranja sobre a cidade. Nas imagens transmitidas pelos 'media' locais eram visíveis várias pessoas presas em escombros, algumas cobertas de sangue.

Tempo

Multimédia