Mundo

Líder secessionista dado como morto reaparece no sudoeste do país

Dez meses depois de ter sido considerado morto pelas autoridades camaronesas, o chefe rebelde secessionista, Field Marshall, reapareceu ontem no sudoeste dos Camarões, autoproclamando-se chefe tradicional de Essoh-Attah.

Fotografia: DR

Segundo a AFP, Field Marshall, comandante dos “dragões vermelhos” de Lebialem, reapareceu, fardado, na esplanada do Palácio Real de d’Essoh-Attah. Chefe de guerra da milícia mais violenta no conflito armado que opõe secessionistas e forças armadas na parte anglófona dos Camarões, Marshall regressa dez meses depois de ter sido declarado morto pelas autoridades do Estado.
Recentemente, o Presidente Paul Bya organizou um diálogo nacional que visou unir o povo dos Camarões, depois de vários anos de guerra de secessão nas regiões anglófonas que já matou milhares de pessoas.

Tempo

Multimédia