Mundo

Mahmud Abbas exige respeito

O Presidente palestino, Mahmud Abbas, vai pedir oficialmente à União Europeia (UE) que reconheça o Estado da Palestina, declarou ontem o ministro dos Negócios Estrangeiros palestiniano, Riyad ak-Malki.

Presidente quer reconhecimento como Estado
Fotografia: Emmanuel Dunano | AFP

"Mahmud Abbas espera dos ministros dos Negócios Estrangeiros europeus que eles reconheçam colectivamente o Estado da Palestina, em resposta à decisão do Presidente norte-americano, Donald Trump, de reconhecer Jerusalém como capital de Israel”, disse Al-Malki, em entrevista à agência noticiosa francesa AFP.
"É muito importante", insistiu. O Presidente da Autoridade Palestina está em Bruxelas desde ontem, onde vai ter um almoço de trabalho com a chefe da diplomacia da UE, Federica Mogherini, e os 28 ministros dos Negócios Estrangeiros, à margem da sua reunião mensal, tal como aconteceu com o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, a 11 de Dezembro.
"Se os europeus querem ter um papel, então devem ser justos no seu tratamento das duas partes, e tal deverá começar com o reconhecimento do Estado da Palestina", defendeu o chefe da diplomacia palestina.

Tempo

Multimédia