Mundo

Marrocos disponível para enviar missão médica à Guiné-Bissau

O Governo da Guiné-Bissau anunciou que Marrocos está disponível para enviar uma missão médica à Guiné-Bissau, aumentar as bolsas de estudo para guineenses, reforçar a formação dos técnicos do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Fotografia: DR

A informação foi dada ontem, em Bissau, num comunicado enviado à imprensa na sequência de uma visita da chefe da diplomacia guineense, Susy Barbosa, a Marrocos, realizada a semana passada.
Na visita, que teve como objectivo a análise das relações bilaterais entre os dois países, o ministro dos Negócios Estrangeiros marroquino, Nasser Burita, manifestou a disponibilidade de Marrocos aumentar em 50 por cento, para 180, as bolsas de estudo anuais destinadas ao ensino superior e à formação técnica e profissional.
O chefe da diplomacia marroquina poderá também realizar uma visita oficial à Guiné-Bissau, em Dezembro. Marrocos manifestou disponibilidade em acolher no próximo ano jovens quadros do Ministério dos Negócios Estrangeiros guineense para “formação no domínio do protocolo” e dar apoio técnico e material, salienta o documento.

Tempo

Multimédia