Mundo

Massacre de Marikana: Polícias sul-africanos começam a ser julgados

Começou esta semana num tribunal sul-africano o julgamento de nove polícias apontados como responsáveis pela morte de três mineiros, em consequência de uma intervenção sobre trabalhadores das minas de Marikana, no norte do país.

Os incidentes datam de 2012 quando se registaram 34 mortos numa intervenção policial sobre os mineiros que estavam em greve em Marikana.
O caso, que ficou conhecido como o “massacre de Marikana”, teve várias pessoas indiciadas, entre as quais os nove polícias que esta semana começaram a ser julgados pela morte de três mineiros.

 

Tempo

Multimédia