Mundo

MDM quer que Felipe Nyusi coloque lugar à disposição

O Movimento Democrático de Moçambique (MDM), terceiro partido parlamentar, pediu hoje que o Presidente do país, Filipe Nyusi, coloque o seu lugar à disposição, depois das revelações feitas na quarta-feira, em tribunal, em Nova Iorque.

Fotografia: DR

"O MDM exige que nas próximas 72 horas o Presidente da República, Filipe Nyusi, venha a pôr o seu cargo à disposição e que o Conselho Constitucional, como ainda não validou os resultados, possa declarar essas eleições (de 15 de outubro) nulas", referiu Augusto Pelembe, chefe nacional adjunto de Informação do MDM, em conferência de imprensa, em Maputo.
O principal arguido de um caso de corrupção, ligado às dívidas ocultas do Estado moçambicano, em julgamento nos Estados Unidos da América, afirmou na quarta-feira que o Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, e um antigo ministro das Finanças do país receberam milhões de dólares para campanhas eleitorais.

Tempo

Multimédia