Mundo

Medicamento para a artrite é a nova esperança na luta contra a Covid-19

Um estudo espanhol concluiu que o fármaco tocilizumab, utilizado para a artrite reumatóide, reduz o risco de morrer de Covid-19 e diminui a necessidade de ventilação mecânica nos doentes com o vírus.

Fotografia: DR

O estudo observacional a 778 infectados por coronavírus foi realizado em 60 hospitais espanhóis. Doentes que tomaram o medicamento três vezes menos possibilidades de morrer da doença.

Os pacientes que tomaram este medicamento têm três vezes menos possibilidades de morrer do que os outros, segundo as análises do estudo.

"Começamos a ver que a tocilizumab tinha eficácia na inflamação pulmonar - que provoca a morte com Covid-19 - e agora deviam ser estudados os ensaios aleatórios nos pacientes com esse perfil clínico. E em pacientes que não podem incluir-se nos ensaios, podia considerar-se como uma opção de tratamento", afirma Jesús Rodríguez Baño, chefe do serviço de Doenças Infecciosas no Hospital Virgem de Macarena em Sevilha.

Tempo

Multimédia