Mundo

Militares do Benin combatem rebeldes

O Benin desdobrou 150 militares no quadro da Força Multinacional Mista que luta contra os extremistas islâmicos do Boko Haram, na região do Lago Chade.

Tropas beninenses integram a Força Multinacional Mista
Fotografia: Pius Utomi Ekpei | AFP

O coronel Mustapha Anka, responsável pela informação sobre as questões militares da Força Multinacional Mista (FMN), declarou num comunicado divulgado na quinta-feira, em Maiduguri, nordeste da Nigéria, que as tropas compreendem oito oficiais e 142 soldados.
O contingente milita beninense foi acolhido no quartel-general da FMM, no Campo Farcha, na capital chadiana, Ndjamena. O coronel Mustapha Anka citou o comandante-chefe da FMN, general de divisão Lucky Irabor, a convidar os membros do contingente a serem “bons embaixadores” do seu país.
O chefe da Força Multinacional Mista, general Lucky Irabor, recomendou ao contingente disciplina e respeito pelas leis e a demonstrar um sentido elevado de profissionalismo no cumprimento do dever.
O Benin é o quinto país da África Ocidental a juntar-se à Força Multinacional Mista, depois da Nigéria, Níger, Camarões e Chade.

Tempo

Multimédia