Mundo

Onda de calor causa 30 mortes no Japão

A onda de calor que afecta o Japão, com temperaturas que chegam aos 40 graus, causou a morte a dez pessoas na quinta-feira, subindo para 30 o número de óbitos nos últimos dias.

As temperaturas chegam a atingir quarenta graus positivos
Fotografia: DR

Na última quarta-feira, em algumas áreas do centro do país, foi atingida a temperatura recorde de 40 graus, enquanto ontem os termómetros estavam acima dos 35 graus e o calor deve continuar nos próximos dias, segundo informações da Agência Meteorológica do Japão (AMJ). Até ontem, cerca de 10 mil pessoas tiveram que ser hospitalizadas em todo o país devido a choques térmicos ou outras situações relacionadas com as altas temperaturas, segundo dados das autoridades locais divulgados pela agência de notícias japonesa Kyodo.
Em apenas um dia, equipas de resgate chegaram a responder a mais de três mil chamadas de emergência, segundo dados do Corpo de Bombeiros da capital japonesa, onde a temperatura chegou a 40 graus e 317 pessoas foram levadas para hospitais.
Os estudantes que actualmente realizam actividades ao ar livre em diferentes regiões do país também sofrem com as altas temperaturas e alguns tiveram que ser hospitalizados com sintomas de insolação e exaustão. Na terça-feira, uma criança de seis anos morreu após participar numa aula ao ar livre, obrigando o Ministério da Educação japonês a pedir que as instituições de ensino tomem medidas para evitar casos semelhantes.
O Oeste do Japão ainda recupera das fortes chuvas do início do mês.

Tempo

Multimédia