Mundo

ONU afirma que Moçambique é corredor de grandes volumes de droga

O Gabinete das Nações Unidas contra a Droga e o Crime (UNODC) alertou hoje que Moçambique se tornou num corredor de grandes volumes de substâncias ilícitas, principalmente, heroína, defendendo uma maior cooperação internacional para a prevenção desse mal.

Fotografia: DR

"Após melhoria das capacidades de aplicação da lei marítima pela vizinha Tanzânia e no Quénia, apreensões recentes sugerem que um grande volume de produtos ilícitos está a ser agora traficado por Moçambique", declarou César Guedes, representante do UNODC em Moçambique.
De acordo com a Lusa, César Guedes manifestou preocupação com o tráfico de substâncias ilícitas em Moçambique, quando falava durante o "Seminário sobre formulação de um plano estratégico contra o crime organizado transnacional, droga e terrorismo".

 

Tempo

Multimédia