Mundo

ONU comprometida com a paz na RDC

A Missão das Nações Unidas para a Estabilização na RD Congo (MONUSCO) e o conjunto do sistema das Nações Unidas prometem continuar a exercer o seu mandato em todos os domínios de acção para a paz, o desenvolvimento sustentável, os direitos humanos e ajuda humanitária, declarou quarta-feira a sua porta-voz, Florence Marchal.

Fotografia: afp

“Continuaremos a proteger as populações civis e salvar vidas. Continuaremos a apoiar a aplicação integral do Acordo de 31 de Dezembro de 2016 que, a nosso ver, continua a ser a única via possível para ajudar a RDC a sair do impasse político no qual se encontra actualmente”, afirmou Florence Marchal. A funcionária da ONU acrescentou que a aplicação deste acordo passa pela organização das eleições e pela aplicação das medidas de desanuviamento, como o respeito pela liberdade de expressão e de se manifestar pacificamente.
A porta-voz da MONUSCO reiterou a vontade da sua instituição de apoiar as operações logísticas ligadas à organização das eleições com parceiros internacionais e nacionais, em conformidade com a resolução 2348 das Nações Unidas. Marchal, que apresentava votos de Ano Novo da MONUSCO, em nome do representante especial do Secretário-Geral  da ONU e de todo pessoal das Nações Unidas, assinalou igualmente que este ano será marcado por uma mudança na liderança desta entidade na RD Congo. Leila Zerrougui substitui Maman Sidikou à frente da MONUSCO, cujo mandato termina a 31 de Janeiro corrente.

Tempo

Multimédia