Mundo

ONU está pronta a tomar medidas para travar crise na Guiné-Bissau

O Conselho de Segurança da ONU “está pronto a tomar as medidas necessárias para responder ao agravamento da situação na Guiné-Bissau”, segundo uma resolução, divulgada quarta-feira, na qual o órgão exorta os líderes políticos guineenses a implementarem o Acordo de Conacri.

Os Estados-membros do órgão destacam no documento “profunda preocupação” com o impasse político, que atribuem “à incapacidade dos líderes políticos de alcançarem uma solução duradoura e consensual.”
O Acordo de Conacri, refere o Conselho de Segurança, é uma “oportunidade histórica” para criar estabilidade e construir uma paz sustentável na Guiné-Bissau, que há dois anos enfrenta uma crise institucional e política.

Tempo

Multimédia