Mundo

ONU reafirma apoio às eleições legislativas

O novo representante do Secretário-Geral das Nações Unidas na Guiné-Bissau,  José Viegas Filho, anunciou ontem  a mobilização internacional para apoiar financeiramente as eleições legislativas, previstas para Novembro, caso seja mantida a data do escrutínio.

Fotografia: DR

Na sua primeira grande entrevista desde que chegou a Bissau há três semanas, concedida à RTP, Viegas Filho disse sentir “uma conjuntura favorável” em relação à Guiné-Bissau, o que o levou a afirmar que a comunidade internacional está disposta a aumentar os apoios financeiros caso estes se justifiquem.
José Viegas Filho observou que “o problema do momento” são os equipamentos de registo de eleitores para os quais, disse, já existem contribuições da ONU, de países e de instituições internacionais. O diplomata afirmou ter confiança de que se for necessário os apoios serão aumentados nesse sentido.
O representante de António Guterres na Guiné-Bissau sublinhou  ser “urgente" encaminhar  o processo eleitoral e ainda uma demonstração de determinação das autoridades guineenses, da própria ONU e da comunidade internacional na vontade de realização de eleições legislativas na data prevista.
Com as eleições realizadas em Novembro e com a estabilidade política recuperada, Viegas Filho acredita que estão criadas as condições para  Bissau voltar a receber  uma nova ajuda financeira, talvez não tão intensa como a anunciada, mas ainda não disponibilizada. A comunidade internacional prometeu 1,5 mil milhões dólares para financiar o programa de desenvolvimento da Guiné-Bissau, “Terra Ranka”.

Tempo

Multimédia