Mundo

Oposição prepara processo para contestar resultado das eleições

O partido do principal candidato da oposição às eleições presidenciais no Burundi disse, ontem, que vai denunciar a "mascarada eleitoral", após o anúncio dos resultados provisórios que dão a vitória a Evariste Ndayishimiye, do partido no poder.

Partido vencedor no Burundi contestado
Fotografia: DR

"Estamos a preparar o nosso processo de reclamação e vamos cumprir a lei apresentando, dentro do prazo legal, o nosso recurso para o Tribunal Constitucional decidir sobre as fraudes maciças que pontuaram esta mascarada eleitoral", disse à agência de notícias AFP Thérence Manirambona, porta-voz do Conselho Nacional para a Liberdade (CNL), o partido do candidato Agathon Rwasa.

Evariste Ndayishimiye venceu as presidenciais de quar-ta-feira, dia 20, com 68,72 por cento dos votos contra 24,19 de Agathon Rwasa, que ficou em segundo lugar (entre sete candidatos), de acordo com os dados oficiais anunciados pela Comissão Nacional Eleitoral Independente.

O partido governamental ganhou também as eleições legislativas, que se realizaram no dia 20, ao conquistar 72 dos 100 lugares no parlamento, seguido do CNL (27) e da União para o Progresso Nacional (Uprona), com um lugar.

Tempo

Multimédia