Mundo

Oposição suspende desobediência civil

A oposição sudanesa, liderada pelas Forças da Liberdade e Mudança, anunciou no fim-de-semana a suspensão das jornadas de desobediência civil, após um acordo com a junta militar que governa o Sudão sobre o período de transição no país.

Sudaneses alcançam acordo para o período de transição
Fotografia: DR

Segundo Yafar Hasan, um dos porta-vozes das Forças da Liberdade e Mudança, foi “emitida uma agenda nova, em substituição da anterior que incluía manifestações em frente às instituições públicas e privadas”, assim como “as jornadas de desobediência civil previstas” para 13 e 14 de Julho, avançou em declarações à agência espanhola EFE.
Após um mês de negociações suspensas para a criação de um Governo de transição no Sudão, no sentido de pôr fim à situação sangrenta na capital sudanesa, Cartum, o diálogo para avançar no processo foi retomado há três dias e, na sexta-feira, foi anunciada a composição e duração do organismo encarregado da transição.
Entretanto, grupos de rebeldes sudaneses criticaram no sábado o acordo de partilha do poder entre os militares e o movimento pró-democracia do país, cujo objectivo é pôr termo ao impasse político que dura há semanas.

Tempo

Multimédia