Mundo

Oposição em Cabo Verde pede aposta na juventude

A presidente do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), Janira Almada, defendeu uma “maior aposta” na juventude cabo-verdiana em 2018, uma vez que este sector “não foi prioritário” na remodelação governamental.

Fotografia: Issouf Sanogo | AFP

A reivindicação foi feita em conferência de imprensa, realizada sexta feira, para fazer o balanço do ano político de 2017 e para perspectivar o ano de 2018.
O Partido Africano da Independência de Cabo Verde (na oposição) considera que o ano de 2017 foi de “desesperança” para a juventude cabo-verdiana, uma vez que, segundo Janira Almada, o Governo prometeu “mundos e fundos” e com “mais e melhores empregos”. Janira Almada acrescentou que foi a governação do Movimento para a Democracia (MpD, no poder) que “ofereceu” oportunidades e acesso universal ao ensino superior e a isenção de propinas em todos os níveis do ensino.
A líder máxima do PAICV pediu capacidade de resposta aos reais problemas do país.

Tempo

Multimédia